« 01 | 02 | 03 | 04 | 05 |06 | 07 | 08 | 09 | 10 »


Vivemos em uma época onde a sociedade brasileira se mostra direcionada ao compartilhamento, com dinheiro no bolso e com grande espírito empreendedor. Nesse cenário, no entanto, surgem diversas empresas oportunistas que se fazem passar por empresas de marketing de rede, mas na verdade não passam de golpes contra a economia popular. São as chamadas pirâmides.

Isso gera certa confusão entre as pessoas -- não são todas que conseguem distinguir entre uma pirâmide e o MMN legítimo e se proteger desses golpes.

Essa confusão se acentua porque o MMN possui uma estrutura geométrica que se parece com uma pirâmide, mas é importante lembrar que toda estrutura corporativa possui esse formato.

É fundamental, portanto, que o revendedor mostre aos seus clientes onde está a diferença para, assim, conquistar credibilidade.

O que tanto se chama de pirâmide na realidade é o famoso esquema criado por Charles Ponzi, em 1920. Um dos casos recentes e, talvez, o mais impactante em valores financeiros é o de Bernard Madoff, em Wall Street, cujo esquema atingiu a marca de US$ 65 bilhões. No Brasil têm acontecido muitos casos parecidos, o que mostra que, apesar de não ser novidade, esse tipo de golpe continua atingindo inúmeras pessoas.

O que caracteriza uma pirâmide não é, como já dito, a forma geométrica do negócio. No MMN você também colocará outras pessoas, e estas chamarão outras, dando ao negócio uma forma triangular que poderá comportar centenas de pessoas.

O que torna a pirâmide um negócio ilegal é a origem do dinheiro que sustenta esse negócio. As pirâmides são empreendimentos que prometem ganhos fáceis, sem trabalho, sem vendas e, principalmente, sem produtos. Trata-se, no final, apenas de dinheiro circulando.

Algumas chegam a utilizar "pseudoprodutos" ou algo criado para tentar legitimar o sistema, mas a relação de valor do produto é o que realmente importa.

As pirâmides não oferecem aos participantes produtos em troca do dinheiro. As pessoas entram no negócio e não têm nada em mãos. No momento que o esquema quebra, elas ficam apenas com o prejuízo sem ter a quem recorrer no final.

 

Fonte: www.qualificaremultinivel.com.br/


 

Veja Também

Curso Básico de MMN

Curso Avançado de MMN