02 O que é Venda Direta?

« 01 | 02 | 03 | 04 | 05 |06 | 07 | 08 | 09 | 10 »


Venda direta é um sistema de comercialização de produtos e serviços voltado diretamente aos consumidores sem nenhum tipo de estabelecimento comercial fixo. É um sistema direcionado a pessoas que buscam fontes alternativas de renda, sem limitar-se ao sexo, à idade, à escolaridade ou à experiência anterior. É um sistema de livre mercado.

No Brasil existem mais de 4 milhões de vendedores cadastrados, movimentando R$ 50 bilhões em 2011. Entre as empresas que adotam essa prática estão a Natura e a Avon.

História

A forma mais antiga de venda direta data do século XVI, quando os mercantes saíam com suas caravanas cheias de produtos e os vendiam diretamente ao público. Muito aconteceu e as vendas diretas evoluíram.
Surgiram as vendas porta a porta, já no século XVIII e, posteriormente, com as novas tecnologias, as vendas por catálogo, marketing de rede e, por último, o Marketing Multinível.

Filosofia

A ideia por trás das vendas diretas é a de que um produto pode ser mais bem apresentado por um revendedor ou alguém capaz de dizer algo mais aprofundado sobre o produto, por experiência ou treinamento e, dessa maneira, realizar uma venda especializada.

São produtos especiais cujos benefícios precisam ser explicados extensamente. Os canais tradicionais de vendas e de propaganda, no entanto, se mostram ineficientes e é por isso que esses produtos precisam ser oferecidos por meio da venda direta.

O produto acaba sendo comercializado de maneira mais eficiente, uma vez que o número de atravessadores é menor. Além disso, a venda direta permite a redução nos gastos em propaganda, permite a fidelização de clientes e, ainda por cima, compartilha os lucros auferidos, beneficiando todos os envolvidos no negócio.

Esse é um dos pilares que sustentam o sucesso das vendas diretas.

 

Fonte: www.qualificaremultinivel.com.br/